5 cuidados que precisa tomar ao contratar temporários

postado por Grupo Gente Categoria: : Dicas, Serviços Sem comentários

Conforme o fim do ano chega a demanda em diversos setores da indústria e comércio aumenta. Isso é excelente e traz a oportunidade de lucrar e compensar os meses mais parados do ano. Pelo menos se a empresa conseguir atender a essa demanda.

Para evitar problemas de produção ou de vendas, muitos empregadores buscam contratar temporários em certos períodos. O trabalhador temporário é uma excelente opção para manter a competitividade mesmo quando a demanda aumenta, mas deve ser contratado com certos cuidados. Confira na lista abaixo o que você deve saber antes de contratar temporários para ter mais sucesso nessa empreitada.

1. Cuidados legais

Primeiramente, é essencial compreender o que é contratação temporária para conseguir o profissional dentro das regras legais. Um trabalhador temporário é considerado, por lei, como uma pessoa física que presta serviço  para uma empresa por certo período.

Mas preste atenção: a empresa não pode contratá-lo diretamente. Para conseguir essa mão de obra diferenciada é preciso contratar outra organização especializada no serviço, como o Grupo Gente. Essa exigência acontece para evitar que o funcionário seja considerado como um contratado sem tempo específico no contrato.

Quem não cumprir as exigências definidas em lei pode ser autuado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, além de precisar responder judicialmente pelo direito do trabalhador. Portanto, sempre busque informações antes da contratação.  

2. Experiência anterior do profissional

Ao contratar temporários você determina um tempo específico durante o qual eles atuarão na empresa. Infelizmente, esse tempo raramente é o suficiente para treinar e adequar o profissional à vida na empresa. Assim, o mais aconselhado é buscar alguém que já tenha ampla experiência no setor.

Para ter certeza que está escolhendo o profissional correto, busque uma empresa de intermediação que consiga te fornecer bons profissionais. É ela que realizará o processo de seleção e contratação, ou seja, deve ser capaz de determinar o perfil mais adequado e encontrá-lo no meio de todos os candidatos para a vaga.

3. Motivos de contratação

De acordo com as leis que regem a contratação de temporários, esse tipo de profissional só pode ser contratado por dois motivos:

  1. Para suprir outro funcionário ausente;
  2. Atender a uma necessidade complementar da empresa em certo período.

O segundo motivo é o que mais leva empresas a realizarem contratação no fim de ano. Mesmo varejistas buscam vendedores temporários para auxiliá-los na demanda extra que surge com as festas de fim de ano e isso é fácil de justificar.

Outro motivo comum é contratar temporários para ficar no lugar de um colaborador que está de férias, licença maternidade ou licença médica. Nesse caso, é preciso especificar em contrato o período da licença para garantir que a empresa está dentro das exigências legais para a contratação.

4. Duração do contrato

Por lei, só é permitido realizar uma contratação temporária por até 180 dias, ou 3 meses. O prazo de contratação pode ser prorrogado por mais 180 dias caso ainda exista o motivo de contratação, como o acréscimo de demanda extraordinária para a empresa.

Quando a contratação ultrapassa o período limite o contrato temporário torna-se nulo. Assim, o trabalhador passa a ser responsabilidade diretamente da empresa. Muitos empregadores escolhem manter o profissional temporário após o período de trabalho definido. Não existem impedimentos para essa prática.

Só é importante lembrar que, ao contratar um funcionário que antes era temporário ele não pode passar por período de experiência. A contratação temporária já é considerada como experiência e ele deve ser contratado por prazo indeterminado.

Em junho de 2014, o Ministério do Trabalho e Emprego também autorizou contratar temporários por mais de 3 meses no caso de substituição de pessoal afastado.

5. Melhor empresa de recrutamento

Contratar uma empresa que realize a intermediação entre a organização e o funcionário temporário é obrigatório por lei. Portanto, faça sua decisão cuidadosamente. Lembre-se que é ela a responsável por garantir o pagamento e os direitos trabalhistas do temporário, assim como sua seleção.

Quem deseja conseguir colaboradores completamente qualificados, com a experiência mais adequada e perfil que combine com a empresa também precisa de uma seleção perfeita. É esse serviço que o Grupo Gente oferece para empregadores.

Na hora de buscar trabalhadores temporários para substituir colaboradores fixos ou para suprir demanda extraordinária, pode contar com nossos serviços. Nós te ajudamos a contratar temporários que realmente fazem a diferença!


1 Comentário

Não há comentários sobre este post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um comentário

Desde 1972, nós do Grupo Gente desenvolvemos um trabalho para aumentar a produtividade de nossos clientes através da prestação de serviços

© 2018 - Grupo Gente | Por Agência Site Bem Feito