Onboarding: entenda o que ele pode fazer pela sua empresa

postado por Grupo Gente Categoria: : Para Empresas Sem comentários

Um dos grandes benefícios dos processos de onboarding é a redução do turnover.

Que é, basicamente, a rotatividade de pessoal em uma empresa.

Uma vez que o novo colaborador sinta-se integrado ao ambiente de trabalho, seu vínculo com a empresa se fortalece e ele pensará mais antes de trocá-la por outra.

Ah, mas você não sabe o que é onboarding? Então, acompanhe este nosso novo artigo e fique por dentro do assunto.

Boa leitura!

O que é onboarding?

Onboarding são processos que visam a diminuir o tempo que um novo colaborador leva para atingir todo o seu potencial dentro de uma empresa.

Geralmente, ele vai além da primeira semana de trabalho do novo colaborador.

A integração deve ter início no dia em que o anúncio da contratação é feito, e vai até o momento em que ele se estabelece na nova posição de trabalho.

Seu objetivo é mais do que orientar o funcionário recém chegado sobre o funcionamento da empresa ou das responsabilidades do cargo.

Além disso, o onboarding deve fazer com que novos funcionários socializem-se e familiarizem-se com processos, procedimentos e a cultura organizacional da empresa.

E tem mais, estudos apontam que 58% dos novos funcionários que passam por processos estruturados, têm uma maior probabilidade de continuarem na empresa após três anos.

Um estudo feito pela Aberdeen Group indicou que 86% dos novos colaboradores decidem se irão permanecer ou não em uma empresa nos primeiros seis meses.

Por isso, cada vez mais as organizações estão se preocupando em fazer com que esses funcionários se sintam parte da empresa o mais rápido possível.

Dessa forma, eles se livram do pesadelo do turnover, ou seja, da alta rotatividade de pessoal.

E, entre as estratégias adotadas pelos gestores de RH para evitar esse problema, encontramos o onboarding.

Os benefícios do onboarding

Além da diminuição da rotatividade entre os funcionários, os processos de onboarding trazem os seguintes benefícios para empresas que os adotam:

  • colaboradores melhor preparados para cumprir as rotinas diárias da empresa;
  • equipe com entendimento da cultura da empresa e pronta para colocá-la em prática em todas as suas tarefas;
  • colaboradores mais motivados em dar o melhor de si no trabalho;
  • alinhamento das expectativas da empresa e dos colaboradores;
  • maior e melhor integração entre novos e antigos colaboradores.

Como implementar o onboarding na sua empresa na prática

1. Envie um e-mail de boas vindas para confirmar a contratação

O principal meio utilizado para confirmar a aprovação em processo seletivo para uma vaga de emprego é o e-mail.

É nele que a empresa informa todos os detalhes, como data e horário de início, documentos necessários, etc.

Por isso, faça um e-mail simpático e animado, que demonstre que a empresa está feliz com o novo colaborador.

2. Prepare a série de reuniões com os líderes da empresa

Para que o seu processo de onboarding seja um sucesso, apresente para o novo colaborador todos os setores dentro da empresa.

Assim, prepare com cada um dos líderes das equipes, uma apresentação que mostre como é o trabalho e os objetivos.

Da mesma forma, é importante mostrar como as diferentes áreas da empresa se relacionam.

3. Faça o primeiro dia ser especial

Se a intenção é alcançar todas as vantagens que um bom processo de onboarding pode oferecer, é interessante oferecer um primeiro dia especial para os seus novos colaboradores.

Para isso, vale a pena fazer o seguinte:

  • Deixe tudo preparado para o início do trabalho: dê a conta de acesso ao e-mail, login de ferramentas importantes para o dia a dia de trabalho, etc;
  • Entregue um kit de boas-vindas com material de trabalho: canetas, papéis, agenda, calendário, por exemplo;
  • Apresente a empresa e peça que todos os colaboradores cumprimentem os recém chegados.

4. Não exija muito trabalho logo de cara

Mesmo sendo uma contratação de alguém já experiente no mercado, a adaptação é muito importante.

Por isso, não exija trabalho duro já nos primeiros dias.

5- Peça um feedback do processo de onboarding

Deixe canais abertos para um feedback honesto dos novos colaboradores sobre o processo de integração.

Eles podem apontar soluções para problemas que os gestores ainda não tenham percebido.

Conclusão

Em suma, o processo de onboarding deve ser uma prioridade para a área de RH.

Levando em conta que uma integração bem planejada e executada contribui para que os novos colaboradores, desempenhem suas funções de maneira mais eficiente.

Gostou do nosso conteúdo? Mas ainda tem alguma dúvida sobre onboarding?

Então entre em contato conosco e conheça mais sobre nossos serviços e soluções para o seu negócio!


1 Comentário

Não há comentários sobre este post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um comentário

Desde 1972, nós do Grupo Gente desenvolvemos um trabalho para aumentar a produtividade de nossos clientes através da prestação de serviços

© 2018 - Grupo Gente | Por Agência Site Bem Feito